1.4.06

... agarrei definitivamente !


... já na praia de Matosinos.

14 Comments:

Blogger MJ said...

Fiquei tão feliz quando descobri este site, é maravilhoso a forma e o momento em que as imagens são captadas e que tão bem retratam essa magnifica cidade (e não só) que é o Porto!

2/4/06 12:32 da manhã  
Anonymous CC said...

No comments!!

2/4/06 12:43 da manhã  
Blogger a.leitão said...

Espetacular!

2/4/06 12:56 da manhã  
Blogger Ana said...

Lindíssima foto... uma das muitas que ilustram o teu blog e me fazem gostar cada vez mais do Porto!
Parabéns!

2/4/06 5:30 da tarde  
Blogger Provisório said...

Lembrei-me de Turner e Monet!
Impressionista essa foto ;)
Sou definitivamente fá da casa!
Pincela que sabes...

2/4/06 6:48 da tarde  
Anonymous Vasconcellos said...

De dentro para fora é belo o mar
Mesmo quando esquecemos os ouvidos
No fundo é como se um búzio soprasse
Agora em cada orelha sem se ver
Oiço as ondas aqui e a toda a hora
E adio o otorrino, é que ainda
Penso se cheguei mesmo a emergir

Dentro dela é mais bela a tona de água

2/4/06 8:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

(...) UMA DEFINIÇÃO DE ARQUITECTO

1. o arquitecto é um ser que caminha sobre a espuma
das paisagens
e vive encantado pelas sombras que sobrevivem à flor da relva
exactamente
no lugar onde as outras pessoas nunca passam

2. perguntam os mestres no cruzamento das traves onde
descansa o arquitecto, curiosamente maravilhados pelo silêncio
que se desprende das paredes
consumindo a casa a partir do traço exacto
que decai do tecto em direcção ao corpo da terra

3. é o arquitecto quem acorda o adormecimento do horizonte
sempre que alcança o nevoeiro e o distrai numa janela
violentamente transparente
como se abrisse uma passagem secreta para o universo
das palavras simples
guiado pelo esplendor dos poentes em decomposição perene na alma
dos invisíveis habitantes do mármore branco

4. é uma planície vasta e preguiçosamente estendida
nos recantos da mobília espalhada pelos inimagináveis espaços
do gesto amado
da mão do arquitecto:
onde há uma pedra pinta uma árvore
e na serenidade do riacho desperta uma ponte sempre
buscando o outro lado da aventura do homem comum
como se não houvesse mais fronteiras nem sentimentos
diferentes
da esperança que alimenta o aparo
e conduz em quilometragem só aproximada à vertiginosa
viagem do amor
o milagre do desencadear uma paixão eterna
pelo casulo onde se mora
prisioneiro de um deslumbramento absolutamente
quotidiano e desprovido de segredos

5. eis o arquitecto debruçado sobre a mesa com a aflição
dos guerreiros
antes de receberem a benção do sangue nos campos de batalha
e algo nos seus dedos fala de magias ou de constelações
estradas telhados portas muros contrastes luz interrupções
e de repente pensa em oceanos amantíssimos
à superfície dos barcos

6. o arquitecto é efectivamente
um arquitecto
mas podia ser o vento incansável que veste as montanhas no outono
e domina as cores do zénite a cinza
que despe o constrangimento inconsciente dos homens

7. o arquitecto é o abismo que atormenta o sonho

(Dedicado a Patchouly, TMC, Trazmumbalde, JC e JCPAC)

2/4/06 9:07 da tarde  
Blogger jc said...

agradeço as visitas e os comentários!

provisório- quando fiz esta foto lembrei-me exactamente dos impressionistas e da sua capacidade de fixarem estes momentos em tela!

...fiquei sem palavras quanto à definição de arquitecto, acho até que levitei!

...palavras inspiradoras,

obrigado quem quer que sejas!

2/4/06 10:49 da tarde  
Blogger patchouly said...

Anónimo, fiquei atónito com as tuas palavras. Agradeço-te a dedicatória e o lirismo do teu comentário. Acho que vou encarar de maneira diferente a segunda-feira no escritório, a "arquitectar".

3/4/06 12:45 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Caros Arquitectos, a definição não é minha, li algures e resolvi comentar o vosso blog com um singelo poema.

Sou um dos milhares anónimos - não contorverso - que pululam pela blogosfera, mas continuarei pelo anonimato.

O vosso blog chega a ser viciante! no bom sentido, claro!

Parabéns a todos.

3/4/06 9:20 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

correcção: controverso...

3/4/06 9:22 da manhã  
Blogger Sinapse said...

JC, esta trilogia está excelente!
Acho que já estou no naoseipramais há 2 horas (checkem as estatisticas!!) para recupera

16/4/06 11:26 da tarde  
Blogger Sinapse said...

(bolas!) para recuperar os 15 dias de ausência!

Têm postado fotos muito boas, mostram cada vez mais Porto, e ... e nada, continuem, continuem!!!

16/4/06 11:28 da tarde  
Blogger jc said...

mais uma vez te agradeço sinapse!

...e não sou eu o "técnico" das estatisticas.

16/4/06 11:42 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home