19.11.06

Superlativos


















Existe um fadário que se vem acentuando nos discursos acerca da cidade do Porto em que se apresenta um futuro negro para a cidade, a região como caminhando inexoravelmente para a decadência, uma espécie de fim da história para a metade norte do pais. Existirão porventura por trás de tal discurso razões legítimas que se prendem com um sentimento mais ou menos generalizado de injustiça no tratamento que a região tem tido. Mas existe também um mal disfarçado complexo de inferioridade que eu recuso, tal como recuso qualquer complexo de superioridade de qualquer região ou cidade deste medíocre país: em terra de cegos que tem um olho é rei, mas não deixa de ser zarolho.

Por causa desta mania tão portuense (portuguesa) de relevar o negativo esquecendo o positivo resolvi fazer um post com algum do Porto que deu certo. Estes são alguns dos exemplos de casos com que os Portuenses podem massajar o dorido ego de que me lembrei, e dos quais tenho fotografias aqui à mão.

Metro do Porto: em menos de 10 anos a cidade (alargada) concebeu e construiu o maior sistema de transporte metropolitano em canal dedicado do país com custos por quilómetro equivalentes a 20% de outras redes de metropolitano clássico, sendo neste momento o único meio de transporte colectivo da região a crescer em número de utilizadores. A rede tem aproximadamente 60 km, e integra-se com a rede ferroviária nacional e o aeroporto.

Lipor: O Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto raramente faz notícia, o que só pode ser bom sinal. Neste caso assim é: o serviço é um dos maiores e mais competentes serviços de tratamento de resíduos urbanos do país, sendo uma referência a nível nacional e europeu. Trata-se de uma associação de municípios que integra todos os concelhos da antiga AMP com excepção de Gaia.

Porto de Leixões: A história recente do Porto de Leixões é uma história de sucesso, sendo neste momento um dos mais rentáveis portos comerciais do país (senão o único a dar lucro) e com a mais baixa conflituosidade laboral. Tem sido objecto de expansões e melhorias permanentes, estando neste momento prestes a substituir a antiga ponte móvel por outra que lhe permitirá aumentar a utilização das docas interiores.

Aeroporto Sá Carneiro: Com um investimento inferior a um décimo do que está previsto acontecer na OTA a região está servida por um aeroporto que finalmente faz justiça ao terço norte do país. É o único servido por metropolitano, à semelhança do que acontece Europa fora. Foi recentemente considerado pelo Airport Council International como "o melhor aeroporto da Europa quer na avaliação de passageiros domésticos quer internacionais".

Fundação de Serralves: O museu da fundação é provavelmente o de maior sucesso do país, sendo o mais visitado. Sendo já uma referência europeia no que à arte contemporânea diz respeito é porventura a mais reconhecida instituição do "Porto Moderno" fora da região, com a óbvia excepção dos clubes de futebol.

Parque da cidade: É o maior parque urbano do país e um dos únicos da Europa com uma frente de mar. É provavelmente um dos melhores gestos urbanos do sec. XX, tendo sido considerada uma das 100 melhores obras de engenharia do século. Mudou, de alguma forma, os hábitos urbanos dos portuenses.

Casa da Música: Verdadeira pedrada no charco, a Casa da Música foi considerada aquando da sua inauguração "uma das mais importantes salas de concertos dos últimos 100 anos" pelo New York Times. Está destinada a ser um dos ex-libris da cidade.

Futebol Clube do Porto: Desde o 25 de Abril o maior clube da cidade conquistou metade dos campeonatos nacionais e assumiu-se como o clube português com melhor palmarés europeu. É sem dúvida a instituição portuense que mais contribui para a visibilidade da cidade fora de portas, sendo provavelmente a que mais se desenvolveu no pós-revolução.

23 Comments:

Anonymous jc said...

excelente apanhado de sucessos recentes. seriam igualmente interessante contrastar com insucessos recentes, como a expansao do polo da Asprela da UP (se bem q o "jogo", neste caso ainda nao acabou mas a instituicao UP e' cada vez mais uma marca sem forca), as intervencoes no jardim da cordoaria e na av. aliados, a torre das antas, entre outros.

de qualquer forma, um excelente apanhado.

19/11/06 7:19 da tarde  
Blogger tmc said...

Superlativos?
e o patch?
e o NSPM?

Superlata que sabes!

19/11/06 8:10 da tarde  
Blogger Luzinha said...

Boas fotos patch.


:)

19/11/06 9:06 da tarde  
Blogger Hugo said...

Excelente post!


Não percebo qual é o insucesso na expansao do polo da Asprela da UP.

19/11/06 10:36 da tarde  
Blogger TR said...

Muito bem Patchouly! Um post bem feito e merecido!! Estive no Porto este fim de semana. O Porto está lindíssimo. Fiquei contente. Depois de obras que pareciam jamais terminar e de tanto sofrimento por parte de todos os que vivem e trabalham dentro do Porto, vê-se uma cidade muito bonita!! Em alguns casos específicos (não apenas do Porto, como sabemos) parecemos um país rico!! :-)

20/11/06 12:58 da manhã  
Blogger joaninha said...

Biba o Porto!

20/11/06 9:32 da manhã  
Blogger trazmumbalde said...

Um post optimista patch!? Nem parece teu!
Mas continua assim que sabes!

20/11/06 10:58 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

clap! clap!

Excelente post e excelentes fotos!

20/11/06 12:55 da tarde  
Blogger jc said...

Tá muito bem!
De quando em vez há que levantar a cabeça,
pensar positivo!

Muito bom post!

ass. jc - "the one and lonely".

20/11/06 12:58 da tarde  
Blogger Miguel said...

Bom post a fazer justiça a uma cidade que paulatinamente tem realmente melhorado.

20/11/06 3:48 da tarde  
Blogger BB (O.ö) said...

Muito bem patchouly!! Lindas fotos!!

20/11/06 9:45 da tarde  
Blogger Provisório said...

Patch, a tua sapiência envolve-me. O teu olhar afiado é perspicaz e entusiasmante. Fazes-nos a todos acreditar que pertencemos à Europa dos Grandes, serão precisos mais elogios destes para que uma toda nação perceba o valor que tem, e ao invés de lamentar causas perdidas olhe com orgulho o futuro que nos poderá esperar...
Sou discípulo e aprendiz, absorvo com apreço teu recital de consciência contemporânea, tu és superlativo da Blogosfera, e como tu também o NSPM!

21/11/06 12:41 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Fotografando bem, escrevendo melhor, e pensando superlativamente, Patch!!!!
Grande post!Sao necessarios mais muitos mais destes!
***** Patch!

Sinapse (em Madrid, e por isso sem acentos)

21/11/06 8:49 da tarde  
Blogger patchouly said...

jc "a preto", a ideia é precisamente não confrontar com nenhum desses casos falhados. Este é um post do Porto que deu certo.

tmc=tmc, como sempre! :)

obrigado luzinha!

Hugo, muito agradecido. De facto o Pólo da Asprela, em termos urbanos, não se cumpriu. Mas como já referí, este post é suposto ser positivo para variar!

Cara TR, às vezes esqueco-me que rebolar na lama não é a melhor maneira de nos limparmos. Foi para não me esquecer que fiz esta sucessão de sucessos.

Biba, joaninha!

é que não parece mesmo traz, não sei o que me deu...

Simpatia tua solas!:)

the one, the only, the dude, jc, cuidado não tropeces se levantares a cabeça durante muito tempo! Kidding, de vez em quando há que "ganhar perspectiva"...:)

É, apesar de tudo a gente continua a gostar muito dela, não é miguel?

Obrigado bb. Não há fome que não dê em fartura! :)

provisório, já fazias cá falta! E não digo isto por causa da bajulação ;)

sin, já tinha saudades tuas! Estes demoram muito tempo a escrever, mas pode ser que de vez em quando me irrite com qualquer coisa e comece a deitar fora latim....

21/11/06 10:50 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Demasiado optimismo !

22/11/06 7:01 da tarde  
Anonymous Remus said...

Excelente texto e ideias.
Apoio a 100%.

23/11/06 9:17 da tarde  
Blogger Luzinha said...

Bem patch, aqui vai o comentário prometido (não foi ontem à tardinha, pq entretanto muitas coisas se passaram...)

Ainda pensei muito se deveria comentar ou não, mas cá vai, sim, é um post optimista, concordo, mas não a 100%, mas tb não quero dizer porquê, posso é dizer que sobre esses assuntos, pouco ou nada comento em blogs, por causa das interpretações que possam ser feitas pelas mais variadas pessoas, e assim causar alguns 'atritos', que nem sempre são salutares. Mas uma coisa é certa há que ser optimista e não nos acomodarmos com o que temos ou o que vamos tendo. (Vejam o belo exemplo de Vila Nova de Gaia, que desde as suas origens foi a cidade sombra do Porto e neste momento está a revelar-se o contrário....Será neste preciso momento o Porto sombra de Gaia?! Eis a questão...)

25/11/06 8:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

e, no entanto, ela (a decadência) move-se.

27/11/06 8:03 da tarde  
Blogger MJ said...

Belo post! Só posso falar das duas queconheço melhor. Aeroporto, depois das obras ficou fantástico ao nível de outros pela Europa e sem dúvida mais "fresco" que o de Lisboa.
Casa da Música, até poderia ser uma das mais importantes salas de concertos mas concerteza uma das piores. Pensada esteticamente, esquece completamente a sua funcionalidade. É triste que ainda se continuem a construir coisas em Portugal só para Inglês ver!

30/11/06 12:02 da manhã  
Blogger Francisco Oliveira said...

Gosto do seu optimismo. Detesto os maldizentes (diferente de crítica construtiva) pois estes só vêem nos outros os seus próprios defeitos.

3/12/06 1:50 da tarde  
Blogger ricardodiz said...

Muito boas as fotos ;)

3/12/06 10:35 da tarde  
Blogger patologista said...

Eu até estava a gostar, mas no fim veio essa do F.C.P...
Já agora tb tem bastante interesse todo o movimento da Miguel Bombarda com as suas galerias. E o Palácio de Cristal com a Biblioteca Almeida Garret (excelente exemplo de como inserir um edificio dentro de um jardim) mesmo ali ao lado.

15/12/06 11:22 da tarde  
Blogger 日月神教-向左使 said...

.................................................
.

7/6/10 1:18 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home