1.3.06

Persistência da memória


Encontrei-a aqui perto, num muro como outro qualquer, numa rua onde passo muitas vezes.
Não teria nada de especial, deixou de ter uso, estava partida, e para construir este muro era tão boa como qualquer outra. Num restauro relativamente recente descobriram-na.
Não sei de onde veio, nem qual o seu percurso. Só sei que reapareceu.

7 Comments:

Blogger patchouly said...

ó traz, perto donde pá? Estás criptico hoje...

1/3/06 4:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

man sepulturas, curto bués cenas tétricas!

1/3/06 4:58 da tarde  
Blogger tmc said...

Boa! Traz! Grande foto, boa luz e grande sentido de observação. ;)

1/3/06 5:04 da tarde  
Blogger trazmumbalde said...

Então?!? Era suposto o bruto aqui ser eu!
Não interessa onde isto é! É num muro qualquer de uma rua qualquer e pronto!
E pra mais patchouly, tu até sabes onde é!

;)

1/3/06 5:42 da tarde  
Blogger trazmumbalde said...

Obrigado TMC, mas a foto não está assim tão boa. Uns dias ausente e a urgência de postar assim o obrigaram.
Quanto ao sentido de observação, tenho que assumir que foste tu que reparaste na pedra (mas era eu que trazia a máquina fotografica, hehehe!)

1/3/06 10:20 da tarde  
Blogger a.leitão said...

A habilidade de fazer de coisas simples grandes Fotos!

2/3/06 2:19 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. Collegiate+license+plate+frames+california men wear thong swimwear Dental patient education materials insurance for a business seroquel drug interactions Video panorama combine cameras Pamela anderson tommy lee jacht film Maple swedish cabinet

5/3/07 11:29 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home